Resenha - Animais Fantásticos e Onde Habitam - Roteiro Original - J.K Rowling

Leia mais

Resenha - Não Fale com Estranhos - Harlan Coben

Leia mais

Resenha - Sedução ao Amanhecer - Lisa Kleypas

Leia mais

#Resenha - Fiquei com o seu Número - Sophie Kinsella

Fiquei com o Seu número - 
Sophie Kinsella
Editora Galera Record
Páginas: 460
Skoob



Quanto tempo não lia um livro tão engraçadinho e fofo, os livros da Sophie Kinsella, sempre me deixam apaixonada e quando finalizo a leitura com aquelo sorriso bobo no rosto dá uma vontade de viver tudo aquilo novamente.
 Em Fiquei com o seu número, conhecemos Poppy Wyatt uma jovem fisioterapeuta que conheceu seu futuro marido em uma de suas consultas, Magnus Tavish, um jovem professor que tem uma família muito intelectual. 
  Poppy foi pedida em casamento por Magnos com um lindo anel de esmeraldas, que todas as suas amigas ficaram babando. (essa palavra me lembra aquela música você-sabe-qual) e em um envento todas pedem a Poppy para experimenta-lo em seus dedos. Okay, só uma doida para deixar um anel valioso ficar passando de mão em mão, ainda mais em um evento! Poppy acaba perdendo seu anel e fica desesperada, dá o número de seu celular para todos que estavam nesse evento, e se não pudesse piorar, acaba perdendo seu celular. E agora caso alguém encontre seu anel de esmeraldas, como irão avisa-la? 
  Desesperada por um telefone, Poppy acaba encontrando um celular em um lata de lixo no hotel onde aconteceu o tal evento, claro que esse celular tem um dono, e quer esse celular de volta, o celular é de um empresa importante e pertencia a assistente de um executivo Sam lindo Roxton. Poppy bate o pé e diz que não devolverá o celular devido não te-lo roubado e sim acado em um lugar público a lixeira. E acaba fazendo um acordo com Sam, irá passar todos os e-mail recebido no celular para o e-mail dele. Será que isso vai dar certo?
  Poppy é o tipo de pessoa otimista, alegre que sempre vê o lado bom das coisas, super simpática, e sempre se coloca em segundo lugar quando é para ajudar alguém. Poppy é distraída, atrapalhada e acima de tudo um coração enorme! Uma das coisas que achei bem legal e diferente, foi as notas de rodapé, são notas feitas pela própria Poppy, super engraçadas.
  Já o Sam, o dono do celular,  é todo sério, um executivo bem conceituado. e quando ele se depara com uma doida que nem a Poppy você pode ter certeza que irá dar boas risadas! O Sam, me lembrou um pouco o Luke, do livro "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom" sempre que ele aparecia vinha a imagem do Luke na minha cabeça! Será porque os dois são fofos? 
 Em Fiquei com seu número, encontramos uma história super gostosa, fofa e bem engraçada, não tem muito romance, mas sentimos a presença ali, me entendem? haha..
Super recomendo o livro, me diverti bastante, a Sophie como sempre arrasando nos chick-lit!! E nem preciso dizer que entrou para os meus favoritos!!
Espero que gostem!! 

16 comentários:

  1. Eu estou louca pra ler esse livro, acho que a Poppy parece ser super divertida e acho que vou rir muito com. Achei bem interessante essa história do celular e do anel. Estou muito curiosa pra saber como isso vai acabar.
    Vou procurar ler esse livro o mais rápido possível!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oii!

    Faz um tempão que não leio um chick-lit! Depois da sua resenha fiquei com uma vontade enorme de ler. Ainda mais que nunca li Sophie!
    #KillMe
    ;)

    Mil beijos
    Clícia
    www.silencioqueeutolendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu já li muitas resenhas desse livro e fico cada vez mais querendo lê-lo.
    Acho que ele é um dos primeiros da lista de que quero ler.
    A historia parece ser tão legal e divertida! E simplesmente amo essa capa.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Todos falam bem desse livro e eu morro de curiosidade de ler ele, parece ser super engraçado e se for da mesma forma das outras narrativas dela sei que vou me apaixonar com certeza! A Kinsella tem uma forma tão gostosa de narrar que é impossível não gostar.
    Abraços, Raquel – Viajando com Livros.

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca li nenhum livro da Sophie, principalmente por conta do Preço, mas morro de vontade. Todo mundo diz que é tão leve e gostoso de se ler que não tem como não ficar com vontade. Vou esperar o preço baixar um pouco para que eu leia.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie :D

    Nossa eu adoro a Sophie, sério !!! Ela é uma das minhas divas * *

    Comecei lendo a série da Becky Bloom e nunca mais parei rs, Fiquei com seu número é mega fofo mesmo, mas não é meu preferido dela não, nem de longe, eu até achei a história interessante, dei altas risadas, mas dessa vez o "mocinho" não me cativou tanto e o final não brindou o livro, sabe? meio que me decepcionou ... Mas mesmo assim eu o adoro, não é um 5 estrelas mas é super recomendado ^^ Nossa meu queridinho é Menina de Vinte, adoroooo.


    Beijus

    Renata Sara

    http://amordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Flor, tudo bom?
    Eu acho que devo ser a única que não é muito fã do gênero e consequentemente acaba não tento vontade de ler esse livro apesar de todo alvoroço que ele causa :/ mas como não sou preconceituosa, quero dar uma chance para ele *-*

    Beijos,
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
  9. Já ouvi falar muito bem desse livro e a cada resenha positiva fico com mais vontade de ter não só esse como todos os outros livros assinados pela Sophie *-*
    Adoro um bom e velho chick-lit. :D
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Eu li esse livro também e eu simplesmente AMEI AMEI AMEI! Achei a história incrivelmente fofa e divertida. Tem um enredo legal divertido. Além disto, tem personagens cativantes.Super recomendo! Dei altas risadas enquanto estava lendo. Esse foi o primeiro livro da Sophie Kinsella que eu li, mesmo tendo lido outros agora, esse continua sendo o meu favorito!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. A Sophie sempre escolhe trabalhar mais as suas protagonistas do que propriamente desenvolver o romance entre o casal. Gosto disso nela! Dos que li esse é o que tem mais romance, e olhe que ele é bem pouco. Se você for ler Menina de Vinte, é menos ainda. Mas adorooo esse jeito dela escrever! Sou fãnzoca!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Apesar de não ter lido nenhum livro da autora, fiquei morrendo de vontade de ler. Fiquei imaginando a confusão de toda está história e como ela deve ser realmente engraçada, e isso me anima bastante. E amo ler historias leves e divertidas, com toda certeza ele está na minha lista de livros desejados =)
    Bjusss

    ResponderExcluir
  13. Chick Lits são bem legaais!
    Acho que vou adorar conhecer a história da Poppy, e essa sua busca pelo anel de diamantes. Espero rir muito com essa história toda.

    ResponderExcluir
  14. Realmente só doida pra deixar o anel tão valioso passar de mão e mão! Coitada gente! Acho a Sophie Kinsella muito criativa quando se trata de chick lit, eu adoro os livros dela, são sempre muito bem escritos e uma narrativa muito cativante, e os personagens também são! Só por essa capa eu já leria o livro, que com certeza vai me fazer dar boas risadas! Adorei! :)

    ResponderExcluir
  15. Claro que eu quero muito ler esse livro. ja falei antes e agora quero mais ainda!!!
    Fiquei meio surpresa em saber q tem pouco romance, pelo estilo, achei q estivesse mais presente.. mas quero assm msm!!!
    gosto de livros divertidos, alias, gosto de livros que despertam algum tipo de sentimento..
    sejam os alegres ou tristes!!!

    Parabens pela resenha, amiga!
    bjinhooos

    ResponderExcluir
  16. Eu não sabia do livro até ver o seu li até a pagina 100 e já o tinha achado super interessante agora com essa resenha só posso dizer que estou super curiosa que eu quero e preciso ler esse livro, estou precisando dar umas risadas por aqui, amei a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá, que bom ter você aqui no meu cantinho, obrigada pela visita e pelo seu comentário, saber a sua opinião é muito importante! Volte sempre!