Plutão
R.J Palacio
Editora Intrínseca

 


Plutão faz parte do livro "Auggie & Eu" da autora R.J Palacio autora do livro Extraordinário, e é o segunda história desse livro maravilhoso que nos mostra três histórias de crianças que fizeram parte da vida de Auggie e de alguma forma aprenderam algo.
  Em Plutão conhecemos Christopher ou Chris, o melhor amigo de infância do Auggie que foi citado no livro extraordinário, mas não teve uma participação maior na história e nesse conto podemos saber o motivo real.
  Comecei a ler essa história bem curiosa pois queria saber mais sobre o Chris e sobre sua amizade com o Auggie, confesso que no inicio eu fiquei meio triste pois ele me pareceu meio indiferente com a doença do amigo, mas com o decorrer da história fui entendendo. A história é intercalada entre o presente e o passado, temos vários flashbacks e é através deles que vamos compreendendo as coisas.   Chris foi o primeiro amigo que Auggie teve, seus pais eram vizinhos e assim nasceu amizade entre as famílias. Os dois sempre estavam juntos, e eu não culpo o Chris pelo fato de se sentir envergonhado por estar ao lado de Auggie, afinal ele é uma criança, e Auggie sempre atraia olhares e as pessoas se assustam com sua fisionomia, então para uma criança é bem difícil, mas em momento algum o Chris fazia piadas ou desmerecia o Auggie ou concordava com brincadeiras maldosas. O afastamento do Chris foi porque sua família se mudou e com isso a amizade com Auggie diminui, mesmo que tentassem conversar por chats ou visitas, tudo que Chris queria era ter uma adolescência com novos amigos e pessoas "normais". Não o culpo por isso, ele é só uma criança.
  Nos capítulos atuais que são marcados por horas, vemos como Chris é uma criança esquecida, e em um dia de aula ele esquece coisas importantes para o dia escolar, como trabalho de ciências, roupa de educação física e seu instrumento da banda. Nervoso, ele pede a sua mãe que volte e busque essas coisas para ele, pois ele precisa e muito, mas sua mãe não voltou com suas coisas, o que o deixou bem irritado, pois logo veio na sua cabeça que ela tenha ido ajudar a família de Auggie em alguma coisa, pois sempre que sumia assim, ela estava ajudando com algum acontecimento. E isso faz Chris pensar que ele sempre está em segundo plano. Mas no final do dia, ele acaba descobrindo o real motivo de sua mãe não ter voltado para a escola, e o deixa bem pensativo sobre a vida, sobre amor e família.
  O final é maravilhoso e extraordinário. Chris nos mostra como ter e ser amigo é uma tarefa bem árduo, que temos que ter paciência e muita dedicação e claro amor, amor ao próximo. Também podemos entender o porque do título se chamar "Plutão", pois é uma época da amizade com Auggie muito especial para ambos. 
 Mais um conto lindo, que aprendi com o ponto de vista de uma criança. Chris assim como algumas crianças tem seus defeitos, mas sabe reconhecer e voltar para consertar e mostrar que ele ta ali para seus amigos. Recomendo!  

22 Comentários

  1. Oiii linda, como vai?
    Garota eu fiquei bem afim de ler esse livro já para ontem, acho sempre uma fofura essas histórias, mas ao mesmo tempo triste. Realmente não conhecia o livro e se tinha separado dessa maneira, parabéns pela resenha, anotei a dica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. pra quem leu Extraordinário, esses contos devem ser ótimas leituras pra conhecer os outros personagens... eu tenho Extra mas não li ainda, acredita??? Sempre passa outro livro na frente, mas esse ano tentarei ler...
    se eu curtir, corro atrás desse e dos outros...
    bjs...

    ResponderExcluir
  3. Oi!!


    Muito legal essas estórias paralelas ao livro Extraordinário. Eu tenho o livro mais ainda não li, pretendo ler, mas tenho outras leituras que venho achando mais interessantes. Enfim, obrigada pela dica. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Tahis!
    Eu quero muito ler esse livro.
    Já li Extraordinário e amei e quero ler os outros livros lançados pela autora que são relacionados a ele. Esse particularmente por ser um personagem que é apenas mencionado no primeiro.
    Ótima resenha.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Que mensagem linda conseguimos ter com Extraordinário, pelo menos eu tive, e indico para todos que eu posso. E com Plutão parece que não é diferente. E gostei bastante dessa jogada, de presente e passado, porque podemos perceber as mudanças do personagem no decorrer do livro, e claro, também vemos sua visão sobre sua relação com Auggie. Enfim, quero a tempos ler esse livro, e a vontade após essa resenha, só aumenta.
    Leitor Irônico

    ResponderExcluir
  6. Oi Linda...

    Preciso muito ler Extraordinário, você acredita que ainda não li? Que vergonha!

    Adorei sua resenha <3

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Olá
    ja li Extraordinário, mas estou com vontade de reler, especialmente para depois conferir as outras histórias, que também devem ser ótimas. Sua resenha me deixou ainda mais motivada para querer fazer as leituras. Amo esse estilo e pretendo ler o quanto antes possível.

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Tahis. Eu ainda não li nada da autora mas tenho visto suas obras fazendo um enorme sucesso e sempre fico muito curiosa, mas dessa vez o livro não conseguiu me despertar um desejo para a leitura. Eu achei a trama interessante mas não me atraiu. Gostei de ver a sua opinião sobre a obra

    ResponderExcluir
  9. Olá Tahis,
    Adoro Extraordinário e tudo o que envolve esse universo. Quando li Plutão também queria saber o motivo do afastamento e, de certo modo, consigo entender o que Chris sentia por ter Auggie por perto. Não é fácil sermos colocado de lado e nos sentirmos assim.
    Como você disse, esse livro fala muito sobre como é árduo ter um amigo e mantê-lo.
    Após ler sua resenha fiquei com uma vontadinha de reler <3
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Ei, como tu tá? Eu infelizmente não consegui ler Extraordinário até hoje. Tentei mas acabei abandonando, mas acho que foi um erro imenso. Todo mundo fala bem desse livro, fora que eu (acho que) vi que vai lançar um filme, o que é maravilhoso. Adoro histórias com crianças, elas sempre nos fazem refletir sobre o que fomos e o que podemos ser. Beijos e até mais.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Você acredita que não li Extraordinário até hoje? E olha que tenho o livro aqui em casa! hahaha Adorei isso de lançar várias histórias sobre os personagens do livro, e fiquei sabendo que esse não é recorrente então é mais interessante ainda, pois percebe-se que é um personagem muito importante para a trama. O pessoal tem um amor tão grande por essa história que me arrependo de não ter lido ainda.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!! :)

    Eu nao conhecia mas fiquei muito curioso com ele, adorei o titulo e a capa! :) ahah E gostei da premissa tambem!

    Toda essa parte de encarar e melhorar os defeitos, ajudar os amigos mesmo assim e tudo isso, da-me vontade de ler!! :) ahah O que tera acontecido nesse final?? :=

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  13. Ei, eu nunca li Extraordinário, o que sei a seu respeito é o que li em resenhas e comentários em grupos literários; tampouco sabia sobre esse livro de contos, mas, com sua resenha, já prevejo uma história cheia de sensibilidade e mensagens importantes. Não sei se leria, não é bem o tipo de livro que costumo ler, mas não descarto a possibilidade.
    Parabéns pelo blog, é muito lindo e delicado *-*

    |Blog Psychoteca - tecapsycho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Nem sabia que Plutão fazia parte de Auggie & eu... também, pra quem não leu nem Extraordinário ainda não chega a ser espantoso estar tão mal informada... rs... E com certeza amizade precisa mesmo de paciência, dedicação e amor ao próximo, quem nunca perdeu a paciência com um amigo que atire a primeira pedra... hehe... quero ler, mas ainda vai levar um tempo.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Eu ainda não li Extraordinário. Não por falta de interesse, pois tenho muita vontade de ler, mas ainda não deu. Pretendo ler em breve e, assim que ler, lerei Plutão também, pois adorei a ideia do livro, e acho que será interessante saber um pouco mais sobre os personagens. Além disso, gosto muito de contos. Fiquei com peninha de Chris, por ele se sentir em segundo plano.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  16. Heey Thais, tudo bom? Eu adoro livros sobre amizade e companheirismo, e Extraordinário foi uma leitura maravilhosa, que me marcou muito. Ainda não li os contos que a autora escreveu, mas quero fazer isso logo. Plutão parece mesmo ser muito bom! Sua resenha ficou ótima <3

    Beijos!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Infelizmente ainda não li nenhuma das outras histórias além do Auggie. Toda a amizade é complexa, apesar de em essência ser simples. Amamos nossos amigos pelo que são, com defeitos e tudo, mas isso claro não escapa de alguns problemas, e pelo jeito Chris tem que lidar com várias coisas ao mesmo tempo, além de se sentir esquecido, o que pesa para qualquer um. O livro deve estar ótimo, e com certeza vou querer ler, nao só este, mas os outros também.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Olá Tahis!
    Eu preciso realmente ler Extraordinário depois de ler tantos comentários a respeito do livro. Eu fiquei bem curiosa para conhecer um pouco mais do Auggie e também do Chris, e da importância dessa linda amizade. Gostei muito das suas impressões. Dica anotada!
    Beijos.

    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Não sabia que tinha esse conto!
    Ainda não li Extraordinário apesar de ter o livro aqui, mas imagino que não deva se realmente fácil para uma criança assimilar tudo.
    E legal que passa uma mensagem bacana, isso é bom!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    Acho uma vergonha eu ainda não ter lido Extraordinário, depois de tanto tempo que o livro lançou, eu fico apenas na curiosidade, porque todo mundo fala super bem. Eu quero ler o mais rápido possível, para poder partir para Plutão, que parece ser tão boom quanto. Eu adoro livros que intercalam o presente e o passado, acho muito legal ir tendo a descoberta ao longo da leitura. Adorei a resenha!
    Beijos,

    garotareading.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Finalmente comprei Extraordinário para ler, agora só falta ter tempo... hahahaha
    Eu gostei muito da premissa, e achei o máximo ter esses contos para se aproximar dos outros personagens. Acho as capas muito lindas! <3
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  22. Oii!

    Li Extraordinário e já amei! Estou louca para ler esses outros contos :D

    Beijos!

    https://leelerblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Olá, que bom ter você aqui no meu cantinho, obrigada pela visita e pelo seu comentário, saber a sua opinião é muito importante! Volte sempre!