Resenha - Stolen - Lucy Christopher

Leia mais

Resenha - Tentação ao Pôr do Sol - Lisa Kleypas

Leia mais

Resenha- Casamento Hathaway - Lisa Kleypas

Leia mais

#Resenha - Stolen - Lucy Christopher

É galera, voltei.
Não só para vocês, mas também, para os livros.
Esse mês estamos tendo a Maratona Literária de Volta às aulas e como eu estava de férias no Brasil, aproveitei para ler.

Vamos então a minha primeira leitura pós-ressaca.
STOLEN
Sim, eu gosto é do estrago, como diria Marcelo Camêlo.
Esse é um livro que eu queria ler há muito tempo, pelo tema e por ser muito bem falado no booktube.
Pois bem, Stolen não foi nem de longe o que eu achava que seria.
Na minha mente, teríamos uma síndrome de Estocolmo louca com uma paixão intensa e obsessiva, mas não.
Temos aqui um livro lúcido, calmo, descritivo e palpável.
Gemma é uma personagem linda e eu amei ver tudo pelo ponto de vista dela, por mais angustiante que o excesso de descrição pudesse ser, ela era uma adolescente vivendo sua vida pacata do ensino médio que não tinha ideia do porque o rapaz bonito do aeroporto a havia sequestrado, entretanto, observar quão guerreira aquela garotinha poderia ser, me inspirou bastante.

Ty é o perturbado mais amorzinho do mundo, fico me perguntando como seria se ele tivesse simplesmente se apresentado a Gemma, envolvido-a em seu mundo peculiar e começado a namorar a moça. Penso em como ela ficaria louca ao receber a proposta de se mudar pra o lugar que ele a levou depois de sequestra-la e como eles poderiam ter naturalmente se apaixonado. Entretanto a precipitação de Ty fez com que tudo desmoronasse...

Você passa paginas tão perturbada quanto Gemma com a simplicidade e forma com que Ty fala com ela, já que de alguma maneira, ele parece conhecê-la muito mais do que ela - e você - imaginam.

Quando você percebe a sensibilidade e os pensamentos dele, as camadas da personalidade você fica naquele misto de prazer e agonia que a Sandy tanto falava.
Os carregam um grau de humanidade que impressionante e você só quer que tudo fique bem para eles, para os dois. Mesmo que eles não fiquei juntos.
Na verdade, aparentemente eles não ficaram, já que a história é contada em cartas de Gemma para Ty.

   Em determinado momento da leitura, essa sensação de que ele só queria protegê-la te surpreende e em seu subconsciente lutam dois grandes lobos, aquele que foi acostumado a amores impossíveis e proibidos e aquele que nunca aceitaria um relacionamento abusivo disfarçado de proteção. E você começa a sofrer...

Por ela, por ele e por tudo o que passaram.

É um livro julgado e sei que eu vou ser julgada por ter shippado o casal, mas acontece, é fácil falar quando a gente tá de fora, e o que mais gostei na relação dos dois (SPOILER)

Foi como nada de muito romântico aconteceu, não teve um sexo louco que q viciou nele ou qualquer coisa do gênero, tudo foi baseado na convivência dos dois ali, sozinhos e em como isso alterou a mente de Gemma e em como a mente de Ty estava tão perturbada que ele não conseguia ver meio metro a sua frente).

Tudo isso, juntamente com a jornada percorrida pela protagonista e a forma como ela sentiu por ele tudo o que era humanamente possível sentir por uma outra pessoa, senti que esse livro é um daqueles que nunca vai sair de mim, sabe ?

Em momento nenhum eu senti asco dele como muitas pessoas, para mim ele é só alguém que nunca soube lidar com sua psique, e Gemma foi a pessoa que o viu quando ninguém mais o via, ao fim dessa leitura eu sinto dor, é isso, dor... O que é triste, mas é bom, porque me sinto exatamente como a protagonista, com o coração cheio de dúvidas e incertezas, mas grata pela experiência apesar de tudo.

E vocês, já leram? Têm vontade? Contem pra mim aqui nos comentários.

#Conhecendo a Série - Amores Improváveis - Elle Kennedy

Oi pessoal, como vocês estão?
Hoje venho conversar sobre uma série que me ganhou totalmente, que é a série "Amores Improváveis" da Elle Kennedy, publicado aqui no Brasil pela Editora Paralela, e que infelizmente chegou ao fim (triste), a série possui 4 quatro livro e é um New Adult maravilhoso. Li em um blog que a autora está escrevendo um spin-off da série chamado 'Briar Hockey', então aguardemos! 
   A série tem como foco nos jovens jogadores de hóquei da Universidade da Brair, são os principais jogadores e os mais populares da Universidade, e em cada conhecemos um pouco de cada. Os quatro são Garret, Logan, Dean e Truck, são melhores amigos e moram em uma república, todos os conhecem e sabem da fama deles, com festas, muita bebida e garotas no currículo. 
  Já no primeiro livro a autora nos apresenta um pouco da personalidade de cada um, o que é bom, pois já vamos nos tornando próximas deles rs' Esses meninos são populares, então todos querem estar perto deles, participar das festas e as marias-patins então, nem se fala. Mas, para cada um tem aquela garota que não está nem aí para a popularidade deles ou para eles, e isso deixa as coisas mais interessantes para eles. Mas, engana-se quem pensa que eles conseguem tudo muito fácil, e que a série é somente sobre isso, sobre festas, pegação e romance. Não, a autora criou personagens maravilhosos, com certos problemas, assuntos sérios como violência doméstica , a pressão de seguir a carreira que seus pais seguem entre outras coisas.
  Amores Improváveis é uma série muito amor, com romances, com  um grupo de amigos se ajudam, que zoam uns aos outros, gente, eu me diverti muito com essa série, te tira boas risadas, e você vai lendo e lendo e quando percebe faltam poucas páginas para acabar. A história é bem desenvolvida, os personagens são jovens na faculdade, apesar de serem populares, não são nada chatos, são maduros e sabem o que querem. Recomendo a série para quem gosta de romance leve e gostoso, a história não tem aquele buumm, nada de novo também, mas é ótima para distrair e dar boas risadas. Super recomendo. 

Tem resenha até o terceiro livor aqui no blog, pois ainda não li o último por motivos de "não estou pronta para dar adeus" hahaha...

Vamos conhecer os livros da série?


O Acordo 
Resenha
Sinopse:  Tocante, profundo, engraçado, sexy... ''O Acordo" é um romance que vai te encantar e surpreender a cada página.Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Mas, embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto Mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha.Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo qual tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz com que Hannah e Garret precisem repensar os termos de seu acordo.


O Erro
Resenha
Sinopse: Logan parece viver uma vida de sonhos. Com um talento incrível para jogar hóquei e um charme inato para conquistar mulheres, ele é uma das maiores estrelas da universidade de Briar. Mas por trás do característico sorriso maroto, ele esconde duas grandes angústias – a primeira, estar apaixonado pela namorada de seu melhor amigo. A segunda, saber que sua vida, após a formatura, se tornará um beco sem saída.
Um dia, por acaso, ele conhece Grace, uma garota tão encantadora quanto intrigante. Tudo nela parece ser original e deliciosamente contraditório – tímida, mas ao mesmo tempo vibrante. Doce, mas ao mesmo tempo forte e confiante. A cada encontro, Logan se vê mais e mais envolvido. Mas um grande erro colocará o relacionamento desses dois jovens em risco.
Agora, Logan terá que se esforçar para reconquistar Grace – nem que para isso ele precise amadurecer e encarar de frente as suas questões mais profundas e doloridas.


O Jogo
Resenha
Sinopse: Talentoso, inteligente e festeiro, Dean Di Laurentis sempre consegue o que quer. Sexo, notas altas, sexo, reconhecimento, sexo… É sem dúvida um galanteador de primeira, e ainda está para encontrar uma mulher imune ao seu charme descontraído e seu jeito alegre de encarar a vida. Isto é, até ele se envolver com Allie Hayes. Em uma única noite, essa jovem atriz cheia de personalidade virou o mundo de Dean de cabeça para baixo. E agora ela quer que eles sejam apenas amigos? Dean adora um desafio, e não vai medir esforços para convencer essa mulher tão linda quanto teimosa de que uma vez não é suficiente. Mas o que começa como um simples jogo de sedução logo se torna a experiência mais incrível e surpreendente de sua vida. Afinal, quem disse que sexo, amizade e amor não podem andar de mãos dadas?



A Conquista
Sinopse: De todos os jogadores do time de Hóquei da universidade de Briar, John Tucker se destaca por ser o mais sensato, gentil e amável. Diferente de seus amigos mulherengos, ele sonha mesmo é com uma vida tranquila- esposa, filhos e, quem sabe um dia, abrir um negócio próprio. Mas nem mesmo o cara mais calmo do mundo estaria preparado para o turbilhão de emoções que ele está prestes a enfrentar. Sabrina James é a pessoa mais ambiciosa, dedicada e batalhadora do campus. Seu jeito sério e objetivo é interpretado por muitos como frieza, mas ela não está nem aí para sua fama de antipática. Tudo o que ela quer é passar em Harvard, tirar ótimas notas e conquistar a tão sonhada carreira como advogada. Só assim ela conseguirá escapar de seu passado difícil e de sua família terrível. Um acontecimento inesperado vai desses jovens de cabeça para baixo. Tucker e Sabrina vão precisar se unir e rever seus planos para o futuro. Juntos, eles aprenderão que a vida é cheia de surpresas, e que o amor é a maior conquista de todas.


Essa série é muito amor, e super recomendo a todos que gostam de histórias leves e gostosas com aqueles romances descontraídos e engraçados. Espero que tenham gostado! Beijos e obrigada pela visita!
  

#O Que andei Lendo - Junho / Julho


Oi gente, como vocês estão?
Hoje venho falar um pouco sobre as minhas leituras dos meses de Junho e Julho. Deixei juntar os dois meses devido a poucas leituras rs' vamos conferir?


   Em junho comecei lendo o terceiro livro da série "Amores Improváveis", O Jogo, que gente, foi um livro muito gostoso de ser lido, um romance leve, tem clichê, mas não se engane, é um clichê bem gostoso, simples e sem muitas frescuras. A cada livro dessa série nós conhecemos um casal, e nos apaixonamos. A autora também introduz certos assuntos nos romances. Já tem resenha aqui no blog.

Também li o livro "Antes que eu vá da  Lauren Oliver" esse livro estava na lista de desejados já a um bom tempo, mas nunca que comprava, e quando soube do filme, decidi compra-lo para assistir a adaptação. E foi uma leitura um pouco arrastada, mas quando peguei o embalo foi bem preveitosa. A premissa é boa, a história é bem desenvolvida, mas a personagem e suas amigas me irritaram um pouco.
Eu confesso que não ando com muita paciência para adolescentes imaturos, mas nesse livro foi bom ver a personagem crescer, perceber o quanto estava sendo egoísta e tentou corrigir seus erros. Confira a resenha aqui.



Tentação ao Por do Sol - Lisa Kleypas
Esse ano, esta sendo o ano de ler continuações, já que tem muitas séries que comecei e não finalizei, e isso está me deixando bem animada, pois são séries que eu curto, mas aquela história de sempre colocar
livros na frente acaba atrapalhando um pouco. Esse livro é o terceiro livro da série "Os Hathaways" da Lisa Kleypas, e eu estou apaixonada por essa família rs' os personagens são maravilhosos, super carismáticos e
muito bem escritos. Mas nesse livro a história me incomodou um pouco, mas não perdeu o encanto, a personagem Poppy é muito inteligente e muito a frente da sua época, deixando os pretendentes da grande sociedade
bem receosos, mas o grande - dono do hotel -  desperta seu  interesse. e isso acaba deixando a história bem interessante. Já tem resenha aqui no blog. ♥

Casamento Hathaway - Lisa Kleyplas
Como ainda não tinha o quarto livro da série "Os Hathaways" aqui na estante, lembrei desse e-book gratuito disponibilizado pela editora Arqueiro e logo devorei, e foi uma leitura muito gostosa, um momento que todos da família e leitores estava esperando rs' com apenas 52 páginas, a autora consegue te prender rápido e faz você dar boas risadas. Já em resenha aqui no blog.



No mês de Julho li quatro livros maravilhosos ♥ comecei o mês lendo "Animais Fantásticos e Onde Habitam - J.K Rowling" que foi uma leitura super rápida de tão gostoso era o livro, sendo uma edição maravilhosa com ilustrações ao longo das páginas. O livro é o Roteiro Original do filme, então temos ali o filme completo, o que é algo incrível, pois temos toda a preparação dos ambientes e as cenas descritas, claro que temos os diálogos também, não pense que deve ser uma leitura entediante, pois não é. Já falei desses livro maravilhoso aqui no blog, confira a resenha.



Depois de uma aventura com Newt Scamander, li o livro que me deixou destruída, foi o livro "Mil Beijos de Garoto" da Tillie Cole, e gente que livro intenso, qu livro maravilhoso, QUE LIVRO. super recomendo a leitura, é um romance lindo, tão sutil e gentil, que todos deveriam ler. Não pense que é um romance bobinho, cheio de clichê, porque não é, é uma história que te faz refletir a cada paragrafo, sério, a escrita da autora é maravilhosa e nada entediante com lições ou frases prontas, esse livro me deixou mal, mas ao mesmo tempo feliz, pois foi uma história que maravilhosa que cumpriu o seu dever e me ensinou muito. Em breve resenha aqui.




Também li um livro super amorzinho, que estava na minha lista de desejados a um tempinho e foi o livro "Para todos os Garotos que já amei - Jenny Han" que irá virar filme ehhhh... Esse livro é um romance jovem, me fez voltar aos tempos de escola, de paqueras, e de amores. Esse livro me surpreendeu pois não é um livro sem noção que fala sobre amores bobos, não a protagonista, Lara Jean, é uma menina muita madura, inteligente. A escrita é maravilhosa, flui perfeitamente e me deixou super animada pela continuação. Resenha em breve aqui no blog ♥


Peguei um livro do James Patterson para equilibrar as coisas rs' o 5º Cavalheiro é o quinto livro da série "Mulheres contra o crime" e é um série maravilhosa, sobre investigações suspenses e o melhor de tudo comandada por mulheres fortes e inteligentes. Essa série é muito bem escrita e desenvolvida, pena que a Arqueiro parou de publicar, mas ainda tenho esperança que volte. Já falei dessa série aqui no blog, confira aqui. E tem resenhas dos livros anteriores. Mas você pode ler os livros fora da ordem, pois não influenciam muito, mas recomendo ler na ordem para ficar por dentro da vida dos personagens. Em breve resenha!

Então pessoas, essas foram minhas lindas leituras, amei cada uma.. e espero que tenham gostado, leiam a resenha, caso tenha se interessado por algum livro, são livros lindos. Me contem se já leram algum desses livros e o que acharam.. obrigada pela visita e voltem sempre! ♥ beijos!!

#Resenha- Tentação ao Pôr do Sol - Lisa Kleypas


Tentação ao Pôr do Sol
Série: Os Hathaways
 Lisa kleypass
Editora Arqueiro



Terceiro livro da série Os Hathaways, da autora Lisa Kleypas, lançado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro, que vem fazendo um trabalho maravilhoso com os romances de época, devo confessar rs’ e estou tão apaixonada por essa família, que fiquei com pena de finalizar a leitura, essa família é maravilhosa e a cada livro conhecemos um pouco melhor cada Hathaway, no primeiro -  conhecemos Amélia Hathaway, a mais velha, no segundo – Sedução ao Amanhecer – conhecemos Win Hathaway. E nesse terceiro conhecemos Poppy Hathaway.

   Poppy Hathaway é uma jovem linda, inteligente, ama livros e está na sua terceira temporada em Londres junto de sua irmã Beatriz, e elas estão hospedadas em um dos melhores Hotéis, o Rutledge.  Poppy em suas temporadas conheceu Michael Bayning – e os dois estão “apaixonados”.  Ao Receber uma carta de amor do Sr. Bayning, o furão de sua irmã Beatriz – que devo dizer ser um amor de pessoa, autentica e tão inteligente, e tem um amor enorme pelos animais –  o furão é tão sagaz, que sai pelos corredores do hotel com a carta de Poppy, o que a deixa nervosa e acaba seguindo o furão pelos corredores do hotel desacompanhada da Sra. Marks – sua dama de companhia, dela e sua irmã Bea – e nesse corre corre pelos corredor, Poppy acaba entrando em um corredor misterioso com uma figura misteriosa, um homem, o que deixa Poppy em uma situação desconfortável, estando sozinha com um homem nos corredores sombrios do hotel. Mas Poppy acaba conhecendo o dono do grande Hotel, Harry Rutledge.
Harry Rutledge é um homem “solitário” a primeira vista, dono de um dos grandes Hoteis da cidade, mas é um homem reservado, rico, e muito requisitado, porém não é de comparecer a muitos eventos. Harry é um homem decidido, passa por cima de tudo e de todos para conseguir o que deseja sem se importar com o outro lado, sem se importar se irá ganhar inimigos ou não. E quando conheceu Poppy, uma jovem doce e inteligente, a desejou mais que tudo, mas soube das suas trocas de cartas com o Sr. Bayning, o que deixou Harry ainda mais interessado em conquistar Poppy custe o que custar.
Sabendo que os Hathaways é uma família “estranha” aos olhos da sociedade Harry usa esse argumento para boicotar o romance entre Poppy e Bayning, já que seu pai é um homem que preza pelo sangue e uma boa família. O romance então é azedado por Harry,  que começa a mostrar interesse por Poppy, mas percebe o quanto o Sr. Bayning mexe com ela, mas nada irá deter Harry, quando quer algo, não descansa até conseguir. Mesmo que isso coloque a imagem e reputação de Poppy em jogo, causando assim uma cena para que Poppy seja sua.
Mas será que Poppy irá esquecer Bayning? Será que esse “relacionamento” forçado com Rutledge será saudável para uma jovem que vem de uma família amorosa, onde suas irmas casaram por amor e não por interesse?
Nesse romance uma coisa que me deixou louca da vida, foi as atitudes de Harry para conseguir Poppy para sí. Claro que somos apresentados a sua história na infância e tal, mas algumas atitudes me deixaram mega irritada e pensando em como seria uma história decepcionante, mas Lisa se mostrou maravilhosa com esse romance, mesmo sendo algo totalmente inesperado para mim, ao longo da leitura  fui percebendo como o interesse de Harry era sincero, mesmo tendo que causar certas coisas, e como ele foi mudando estando com Poppy ao seu lado. É uma história batida, bem cliché mesmo, mas que me deixou ainda mais apaixonada por essa família. Poppy se mostrou madura e soube como levar o relacionamento, mesmo não sendo com a pessoa que estava apaixonada, amei as atitudes de Poppy em relação a Harry, e em relação a sua vida também, o que pareia estar perdido, foi algo maravilhoso para ambos.
  Os Hathaways, são unidos, amorosos e estão dispostos a qualquer coisa para proteger os seus, e é isso que mais amo nessa série, esse lado família, que estão sempre ali um pronto para ajudar os outros com ótimos conselhos, aceitando cada um a sua maneira. Sempre que pego um livro  dessa série sei que irei me apaixonar e me divertir também.


   Os capítulos são intercalados, narrados em terceira pessoa, mas vemos a perspectiva de cada um, nos deixando por dentro de tudo e podendo compreender melhor suas atitudes e conhecer melhor suas personalidades.
Personagens secundários também são apresentados, como os funcionários do Hotel Rutledge, me diverti demais com os comentários de cada um, querendo que seu patrão fosse feliz. Também temos um pouco sobre os outros membros da família Hathaway, como Léo, que herdou o título por acaso como Lorde de Ramsay e que trouxe a família para fazer parte da sociedade, pois antes disso não eram ninguém. Também conhecemos mais sobre a Sra. Catherine Marks, a dama de companhia das meninas, Poppy e  Beatriz, e professora de etiqueta para toda a família, aqui conhecemos um pouco do seu passado, o que me deixou bem animada e mega curiosa. Destaco Léo e Marks, pois esses dois são como gato e rato, sempre se estranhando e trocando farpas, quando esses dois se encontram é diversão na certa. 
De um modo geral a história foi me ganhando, mesmo com esse problema “machista” do Harry que para o século que se passa a história é tolerável, mas a personagem não se deixou levar por essas atitudes, se mostrou forte e independente e dando a sua opinião sobre esse comportamento. A história foi me ganhando e quando vi já estava apaixonada e com pena de finalizar a leitura. Recomendo para todos que curtem romances de  época.