Top Indicação - Descobertas Maravilhosas

Leia mais

Na sua opinião, O Que Importa?

Leia mais

Resenha - Enquanto Houver Tempo - Paola Scott

Leia mais

#Filme: Lady Bird - A Hora de Voar

Lady Bird - A Hora de Voar (2018)  foi lançado em fevereiro com direção de Greta Gerwig, e é um filme indicado ao Oscar de melhor filme, melhor roteiro original, melhor atriz e entre tantos outras categorias. Não sou muito ligada a premiações, mas quando assisti ao trailer desse filme, fiquei muuuito curiosa com a história de Christine. Não sou nenhuma crítica de cinema, as vezes trago alguns filme e comento a respeito.
Em Lady Bird, conhecemos Christine ou Lady Bird, (Saoirse Ronan) como ela gosta de ser chamada, uma jovem de 17 anos que está naquela fase de se descobrir, de sair da escola e entrar em uma faculdade, de decidir o que quer ser e fazer. Chritsine vem de uma família simples, que está enfrentando o desemprego, seu pai foi despedido e sua mãe, Marion McPherson (
Laurie Metcalf)  trabalha em dois turnos para manter a casa e pagar a sua escola.
Christine é uma jovem muito a frente do lugar onde mora, estuda em uma escola católica na cidade de Sacramento na Califórnia, seu sonho é sair de lá e ir para uma Universidade grande, de prestigio, não as Universidades locais públicas que sua mãe Marrion, quer que ela estude.
A relação entre mãe e filha é bem intenso, as duas possuem personalidades fortes, e vivem em constante atrito, a mãe é fechada, acha que tudo que a filha faz é para chamar a atenção ou para irrita-la. Uma relação que vamos acompanhar durante o último ano de Lady Bird na escola, entre suas paixões, amizades,  suas escolhas, ansiedades e relacionamentos. Sua ambição acaba afastando sua melhor amiga. Já a relação com seu pai, é bem diferente, o Pai de Christine, é doce, gentil e compreende a filha, compreende seus sonhos, mesmo diante do desemprego e um principio de depressão, ele não mede esforços para ajudar a filha, ou para amenizar as coisas dentro de casa entre mãe e filha.


Christine é uma menina intensa, sonhadora, tudo que ela quer é se enturmar, ser conhecida na turminha popular da escola, e isso já sabemos que inventa mentiras sobre a família, como vergonha da casa onde mora, vergonha de seus pais. Como toda adolescente no ensino médio, Christine se apaixona e vive seus romances, suas frustrações, medos e tantas coisas que passam em nossa cabeça nessa época.
É um filme que você se identifica com a personagem, quem nunca sonhou em sair da cidade onde mora e ganhar o mundo, se encontrar em outro lugar, se descobrir, conhecer novas pessoas?
   Apesar de Christine cometer alguns deslizes, percebemos que é pela idade, a atriz consegue nos passar com sensibilidade os sentimentos da personagem, a suas vontades e seus esforços e ver que ela vai amadurecendo é muito bom.
O filme é bem simples, o famoso "coming of age", é um filme despretensioso, uma jovem decidida, sarcástica, assisti esse filme com um sorriso no rosto do inicio ao fim, e me identifiquei em algumas coisas com a mesma. Como disse é um filme, bem juvenil, não espere nada de extraordinários, é uma história de uma adolescente comum, com sonhos e força de vontade. Apenas assista! 
  O elenco é ótimo, todas as atuações foram maravilhosas, e merecem destaques e serem reconhecidas. Gostei muito da interpretação da Saoirse Ronan e da Laurie Metcalf, mãe da Christine, ótimas atuações.  Gente, apenas assista esse filme! 


4 comentários:

  1. Tô querendo muito assistir esse filme, mais ainda agora, lendo o seu post!

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Assisti esse filme e gostei, apesar de não achar nada espetacular. Mas mostra muito isso mesmo, os erros que ela comete por conta da idade (com tantas descobertas) e atire a primeira pedra quem nunca ficou cheio de dúvidas quando era adolescente. Gostei de ver o filme aqui.

    ResponderExcluir
  3. Olha, confesso q fiquei surpreso com a repercussão desse filme: não achei nada de inovador. Agorá, lendo sua resenha, vendo seu animo, acho q vou dar uma chance a ele! Depois te conto, rsrs

    ResponderExcluir
  4. Lembro que quando vi sobre esse filme tive vontade de ver só no momento, mas acabou a alegria logo depois, mesmo sendo aclamada no Oscar, não me atrai ver a frescura de uma jovem em sua fase aborrecente. Foi exatamente esse o comentário que vi e ouvi sobre o filme.
    Desta vez passo longe, mas obrigado pela dica.
    http://www.kammykrysthin.com/
    Xoxo

    ResponderExcluir

Olá, que bom ter você aqui no meu cantinho, obrigada pela visita e pelo seu comentário, saber a sua opinião é muito importante! Volte sempre!