Filme: Extraordinário

Leia mais

Resenha - Uma Nova Chance ao Amor- Mila Maia

Leia mais

Resenha- P.S Ainda Amo Você - Jenny Han

Leia mais

#Resenha - Meu Coração e outros Buracos Negros - Jasmine Warga


Meu Coração e Outros Buracos Negros
Jasmine Warga

Editora Rocco



Meu Coração e outros Buracos Negros foi indicação de um clube feito por amigas apaixonadas por livros, todas lemos esse livro esse mês e gente, que livro.
  Em Meu Coração e outros Buracos Negros conhecemos Aysel uma jovem não muito animada com a sua vida depois do acontecimento na pequena cidade onde mora e onde seu pai foi o grande responsável,  Aysel sente que todos da cidade a culpam também. Não é de muitos amigos na escola, e nem no trabalho de Telemarketing, sua vida se resume a isso, escola, trabalho e casa. Morando com sua mãe e seus meio irmãos, Aysel não se sente em um lar, pois percebe que é um peso para todos ali. Com essa "rejeição" e peso dentro de si, esse sentimento de ser uma incomodo para todos a sua volta a faz tomar uma decisão, acabar com sua vida. Mas, não quer fazer isso sozinha, ela não quer desistir, e para isso, arruma uma parceiro de suicídio em um grupo na internet e ela acaba conhecendo "Robô Congelado" vulgo, Ramon.
  Aysel e Ramon, se conhecem e dali um vão tentando descobrir o porque de cada um querer se matar, seus motivos e razões. Sem querer eles acabam meio que criando uma amizade, coisa que Aysel não tinha até então, e podemos perceber o quanto aquilo está lhe fazendo bem, o quanto aquilo pode fazer ela mudar de ideia, nossa como eu torcia para as coisas mudarem.
  Aysel é uma menina inteligente, apaixonada por física, mas com medo do futuro, com medo de se tornar uma pessoa igual a seu pai, medo da rejeição que já sente aumentar. Esse lado negativo dela, impedia ela de ver as coisas boas a sua volta, seu lado sarcástico e tudo nela muda quando se deixa alguém a conhece-la. Possui muitas qualidades, mas todas escondidas, até Roman entrar na sua vida.
"As vezes, imagino que meu coração é como um buraco negro - tão denso que não há espaço para a luz, mas isso não significa que não possa me sugar para dentro dele" 
   Roman é um garoto bem triste, algo de ruim aconteceu na sua vida e ele se culpa enormemente por isso, acha que depois do acontecimento, não merece continuar vivendo, e ele deixa bem claro que não quer se agarrar a nada, não pensar em um futuro, nada. Ele merece e precisa morrer. O caso do Roman é bem delicado, e mais triste que a Aysel, pois o acontecimento é de deixar qualquer um bem triste, me via na situação do Ramon e acredito que também não iria aguentar a culpa.
     Meu Coração e outros Buracos Negros é um livro bem melancólico, intenso e trás uma assunto tão sério e de uma importância enorme que é o suicídio, depressão, entre outras coisas. Vemos através da narrativa da Aysel como é conflitante esse sentimento, de se sentir sozinha, culpado, um estorvo para seus familiares, é difícil julgar quem toma tal decisão, pois só quem sabe, só quem sente, sabe como é difícil encarar a sociedade e seus medos. Sempre tem aqueles que falam que quem se suicida é covarde, mas ninguém sabe e nunca saberá a dor que cada um carrega dentro de si. Esse livro é bem triste, porém com muitas reflexões, os personagens sabe e nos contam tudo, somos o diário deles e como que queria poder falar, dar conselhos. Enfim, é um livro que todos deveriam ler! 
" É como se sua tristeza fosse tão profunda e destruidora que você tem medo de que ela vá afogar todas as pessoas de sua vida se deixá-las ficar muito perto"

14 comentários:

  1. Olá Tahis,
    Ler esse livro foi uma experiência incrível. Não consigo explicar como me senti tocada pela leitura e como passei a ver muitas coisas de uma forma diferente. Percebi que, assim como os personagens, também me culpo por algumas coisas e que, infelizmente, a única 'solução' para essas pessoas é a morte.
    Espero ter muitas experiências de leitura como essa.
    Beijos ♥
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá
    O livro parece bem triste, e eu acho que sei como os personagens se sentem, já passei por coisas fortes, não sei se leria o livro, ao menos por enquanto, estou preferindo livros mais animados

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Amo forte livros desse gênero, já li vários e pretendo ler muitos ainda. Já tem um tempo que este livro está na minha wishlist, porém ainda não tive a oportunidade de ler, e quero logo mudar isso.
    Fiquei bem curiosa sobre o que aconteceu com o pai da protagonista e o que aconteceu com o Ramon para ele sentir tanta culpa a ponto de tentar o suicídio.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Querida que livro mais lindo!! Sou apaixonada por esse gênero, ele normalmente nos encanta e vicia, sua resenha ficou demais e espero que tenham mais livros para ler juntinhas no grupo.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a capa, não sabia dele na Rocco. Irei procurar na editora depois. Adorei sua resenha. Não faz muito o meu gênero. Mas gostei bastante da sua resenha.
    Parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Achei super interessante esse clube feito pelas amigas! Quanto ao livro, apesar de ser melancólico, acredito que fará sucesso por ser reflexivo e tratar de temas como a depressão e o suicídio. São assuntos que devem ser abordados e encarados pelos leitores para maiores esclarecimentos. Como você diz não podemos julgar ninguém sem conhecer os sentimentos que o aflige. Dica anotada!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse livro, mas adoro livros reflexivos. O suicídio é um assunto polêmico. Já li livros que me mudaram nesse sentido também de entender melhor o outro. Julgamos muito, né? Mas continuo achando que a vida é sempre a melhor escolha.

    ResponderExcluir
  8. Oie! Pelas suas palavras percebi que são duas pessoas que enfrentam um momento de profunda tristeza que precisa ser atravessado para que cheguem a dias melhores. No momento não é o que estou procurando, mas obrigada pela indicação! Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? Nossa os temas tratados são bem fortes. E quando você fala melancólico isso só parece ser ampliado. Confesso que nesse momento estou fugindo, literalmente, de livros assim apesar de saber que são necessários na nossa vida. Quem sabe mais pra frente?
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nossa puder perceber o quanto este livro é intenso e ao mesmo tempo tenso. Tratar de suicidio não é fácil, já que infelizmente não é algo raro. Podemos ver o quanto que temos um cuidado para tratar com o tema, e gostaria de verificar isso lendo o livro, vou buscar fazer isso logo. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  11. Tahis como você disse no fim esse parece ser um livro que todos deveriam ler, sempre acho que o pessoal deveriam ler mais livros que falam sobre os sentimentos das pessoas que sofrem de depressão ou que cometem suicídio. É importante abrir os olhos para a nossa realidade e diminuir os julgamentos!

    ResponderExcluir
  12. Oii, gostei da premissa desse livro, ainda mais quando trata de assuntos tão sérios quanto os citados. E estou bem curiosa para conhecer esse livro.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Não conhecia ainda esse livro, mas a premissa me agradou muito porque gosto de livros que falam sobre esse assunto, ainda mais sobre as motivações de uma pessoa se levar a isso, que deve ser realmente muito triste. Adorei a sua dica!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. É UM LIVRO QUE TODOS DEVERIAM LER MESMO.
    Acho que foi o OTP mais lindo da minha vida hahahahahha
    Amei seu post amiga

    ResponderExcluir

Olá, que bom ter você aqui no meu cantinho, obrigada pela visita e pelo seu comentário, saber a sua opinião é muito importante! Volte sempre!