Resenha - Partiu Vida Nova - Leila Rego

Leia mais

#Conto - Além do que se vê + entrevista com autora Tayana Alvez

Leia mais

Setembro Amarelo - Livros sobre Suicídio

Leia mais

#Livros que já foram Proibidos em alguns Países

Olá Loves!
Hoje, estava eu, fazendo umas pesquisas de alguns livros para um desafio literário, e tinha uma opção que teria que ler livros que foram proibidos, e tinha uma listinha amiga lá, foi no blog Na Parede do Quarto, mas a lista está no site ig.com.br
Então resolvi postar alguns livros aqui, que já foram proibidos em algum países!
Para quem quise ver a lista completa clique aqui!
Vamos lá?



“ Harry Potter ” – A série de livros do “Harry Potter”, publicados no ritmo de um por ano a partir de 1997, foi o maior fenômeno moderno da literatura entre os adolescentes - e até entre gente mais crescidinha. No total, os sete títulos de J.K. Rowling venderam 400 milhões de exemplares no mundo todo. Mas não é unanimidade a afeição pelo mundo mágico de Rowling: nos Emirados Árabes Unidos, a coleção foi censurada por, supostamente, incentivar a bruxaria. No ocidente, a história dos alunos de Hogwarts foi alvo de protestos de líderes religiosos do Brasil e, nos EUA, entrou na lista das obras que receberam vetos. Algumas escolas mais conservadoras dos Estados Unidos baniram a leitura dos livros em seus domínios. Mas o sucesso seguiu o seu curso e os sete livros resultaram em oito filmes campeões de bilheteria e arrecadação.


“ Crepúsculo ” – A romântica - e sangrenta - história de amor entre a mortal Bella e o vampiroEdward não escapou do julgamento de pais americanos mais tradicionais. A série de livros de Stephanie Meyers , lançada a partir de 2005, está na quinta posição do relatório anual de livros proibidos nos EUA. Os romances da autora causam desconforto por, supostamente, terem apelo sexual forte e por tratarem de assuntos sobrenaturais.






“ Gossip Girl – Vai Sonhando ” – Cecily Von Ziegesar fez sucesso ao contar em volumes lançados a partir de 2002 a rotina dos adolescente ricos e glamurosos de Nova York. O nono volume da coleção "Gossip Girl" não foi considerado, no entanto, uma obra voltada para o público jovem. Alguns pais pediram para o título ser banido das bibliotecas por fazer referências a elementos como drogas e álcool, que, segundo eles, são coisa de adulto.









“ Alice no País das Maravilhas ” – Os personagens absurdos e adoráveis do autor britânico Lewis Carroll , que chegaram às prateleiras das livrarias em 1865, estão no imaginário das crianças de todo o mundo, com a possível exceção da China. Lá do outro lado do mundo, o livro do matemático que narra os encontros e diálogos da protagonista Alice com o coelho apressado, o gato de Cheshire, a lagarta fumante e toda sorte de personagens fantásticos, foi banido por dar aos animais as mesmas qualidades que os homens e colocá-los no mesmo nível.




“ As Vantagens de Ser Invisível ” – Lançada em 1999, a obra do autor americano  Stephen Chbosky , de 42 anos, está há cinco anos consecutivos na lista de livros que foram banidos ou protestados em bibliotecas americanas. O pecado de "As Vantagens" é tratar abertamente de sexualidade e drogas. Ainda assim, o título se tornou um best-seller, marcou a geração do fim dos anos 1990 e ganhou, neste ano, um filme com Emma Watson , de “ Harry Potter ”, em seu elenco.
Espero que gostem!

16 comentários:

  1. Incrível como a visão de algumas pessoas pode ser atrasada... Apelo sexual em Crepusculo? Por favor né...kkk

    ResponderExcluir
  2. Harry Potter ser proibido, é quase um crime contra a magia estrondosa da imaginação da J.K. né ): hahahahah
    http://paraleloindie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei a lista!
    Acho que o fato de proibirem só atiça a vontade dos leitores de lerem hehehe
    O único da lista que não li e não pretendo ler é o do Gossip Girl. Estou doida pra ler As Vantagens de Ser Invisível e ainda preciso ler Alice no País das Maravilhas!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Caraca.... de GG eu até imaginava, por ser um livro mais liberal, mais solto e despojado em vários assuntos. Agora HP e Crepúsculo eu não imaginava mesmo...
    Acho isso uma idiotice. Ninguém é influenciado a nada, faz por que quer! #Opinião
    Gostei do post, bem legal.
    Obrigado por comentar no meu blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Harry Potter foi muito proibido mesmo, inclusive, depois da morte do Papa João Paulo II o novo papa até o tornou proibido e ele consta na lista de Livros Proibidos do Vaticano.
    E Alice, apesar de ser um livro infantil, foi bem proibido por falar sobre algo imaginário, toda uma fantasia que apenas 'drogados viam', ridículo... rs

    Bjão!

    livronasmaos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa fiquei em choque de saber que esses livros haviam sido proibidos, bem legal você trazer a tona esse assunto aqui *-*
    Como a Aione disse, o fato deles proibirem só atiça mais a vontade dos leitores hahaha'

    Beijinhos, flor.
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
  7. O incrivel kk é que 50 tons de cinza não esta na lista rsrsrsrs.

    http://mundodosmngas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ai, adorei sua postagem!! Super interessante...fiquei curiosa para saber em quais países isso aconteceu com 50 Tons..pq com certeza aconteceu! hehehe

    Beijinhos para vc!
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nossa, quanta gente doida viiu, proibir esses livros é loucura, é como se tirassem meus livros favoritos de mim!!!

    ResponderExcluir
  10. Acho que vou ter que ler Crepúsculo de novo pois não achei essa parte do apelo sexual. Harry eu já sabia, acho que a implicância é com a autora, pois o novo livro dela já estão fazendo manifestações e tudo mais.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Cada coisa absurda! haha Acho que cada um lê o que quer, sem essa de proibir certos livros. E eu ri com Crepúsculo tendo apelo sexual.

    Beijos, Gabi Prates
    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
  12. Acho terrível proibir qualquer leitura!
    Ainda bem que não sofremos isso!
    Feliz Dia do Leitor!!!
    Rizia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Claro que HP incentiva a bruxaria, eu por exemplo aprendi feitiços com eles.
    ehehehe

    Barrar o livro da Alice, eu entenderia se o motivo fosse o fato de ter uma lagarta que fuma, um chapeleiro chapado de mercúrio... hehehe

    Bjs

    http://www.some-fantastic-books.com/

    ResponderExcluir
  14. Claro que tem muitos livros nesta lista que eu quero ler..rsrsr..espero que o Brasil não os proíba..rsrsr


    Beijokas!

    ResponderExcluir
  15. Adorei o post, não fazia ideia que esses livros tinham sido banidos, e muito menos pelos motivos pelos quais foram banidos, nem sabia que aqui no Brasil tinha sido vetado..
    Muito legal e interessante o post..

    beijos

    http://vdsweetlove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Muito legal o post, não imaginava que títulos como HP e Crepúsculo tivessem sido proibidos. Onde vamos parar não é? KKK


    Adorei seu blog, virei seguidora, aparecerei sempre agora. =)

    Xoxo
    http://leitorapsicotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, que bom ter você aqui no meu cantinho, obrigada pela visita e pelo seu comentário, saber a sua opinião é muito importante! Volte sempre!